Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Globo expõe aglomeração em bar, mas omite que a dona é atriz da emissora

Durante o fim de semana de Carnaval, o restaurante Feu, no Itanhangá, Zona Oeste do RJ, foi alvo de ações da Prefeitura do Rio de Janeiro, a...




Durante o fim de semana de Carnaval, o restaurante Feu, no Itanhangá, Zona Oeste do RJ, foi alvo de ações da Prefeitura do Rio de Janeiro, após denúncias de aglomeração.

Segundo relatos do RJTV, o noticiário local da TV Globo, uma festa acontecia no local, e os equipamentos de som e de luz foram apreendidos. A reportagem abordava os “flagras” em estabelecimentos que não respeitam a pandemia e promovem constantes aglomerações em suas dependências.

O bar e restaurante Feu tem como uma das sócias a atriz Giulia Costa, filha da também atriz global Flávia Alessandra. No entanto, esse “detalhe” não foi mostrado na matéria quando o restaurante carioca foi mostrado entre os estabelecimentos multados.

Foi exibido um vídeo da pista de dança lotada do Feu, com o repórter destacando a irregularidade, já que os restaurantes podem abrir apenas com distanciamento e sem pista de dança.

Horas após a repercussão, na tarde desta segunda-feira (15), a assessoria de Giulia Costa anunciou que a atriz deixou a sociedade.

Em nota, a assessoria diz que Giulia era responsável pelas áreas de comunicação e marketing e, por isso, “não tinha autonomia para atuar em decisões estratégicas sobre a rotina de funcionamento do restaurante”.

Por Terra BRASIL

Nenhum comentário

Publicidade rodapé