Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Organizada invade CT do Cruzeiro para pressionar jogadores e PM é acionada

A manhã de hoje (7) começou muito quente no Cruzeiro. É que membros da maior organizada do clube, a Máfia Azul, invadiram a Toca da Raposa I...


A manhã de hoje (7) começou muito quente no Cruzeiro. É que membros da maior organizada do clube, a Máfia Azul, invadiram a Toca da Raposa II, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, para cobrar de jogadores, comissão técnica e diretoria. A Polícia Militar de Minas Gerais foi acionada para dispersar as dezenas de torcedores que tiveram acesso ao CT.


Segundo informações apuradas pelo UOL, ao adentrarem à Toca II os invasores tentaram acessar os vestiários do centro de treinamento para fazer cobranças diretas aos atletas e ao técnico Ney Franco, pressionados pela má fase do time.

Na zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro, na 17ª posição, o Cruzeiro vive momento de turbulência dentro e fora de campo. A invasão de torcedores ao centro de treinamento acontece justamente no dia em que o clube, por aclamação, definirá um mandato de mais três anos para o atual presidente Sérgio Santos Rodrigues, que também sofre muita pressão dos torcedores.

O UOL apurou que o Cruzeiro investiga as causas da invasão à Toca e pretende se manifestar sobre a ocorrência.

Ainda hoje mais protestos estão agendados. Há convocação para manifestação de torcedores na porta da sede social, no bairro Barro Preto, Região Centro-Sul de BH. A partir das 17h, torcedores comuns e organizados aproveitarão o dia da eleição presidencial no clube para mais cobranças.

Por meio das redes sociais na noite de ontem (6), torcedores, influenciadores digitais e perfis de torcidas organizadas realizaram um “tuitaço” usando a figurinha de uma “bomba”, anunciando o inicio dos protestos.

Por  UOL

Nenhum comentário

Publicidade rodapé