Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Bolsonaro arredonda cálculo e diz que pagou mil dólares no auxílio

Pela cotação atual da moeda americana, quem recebeu uma cota do auxílio emergencial irá embolsar, ao fim das parcelas, US$ 765 O presidente ...



Pela cotação atual da moeda americana, quem recebeu uma cota do auxílio emergencial irá embolsar, ao fim das parcelas, US$ 765

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) inflou o cálculo do auxílio emergencial ao comentar que o governo concedeu aproximadamente 1 mil dólares para cada uma das 65 milhões de pessoas que receberam o auxílio emergencial. Durante seu discurso na 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira (22/9), o chefe de estado brasileiro classificou o benefício como um dos maiores programas de assistência do mundo.


O dólar está sendo cotado nesta terça a R$ 5,49. Pelos cálculos de um beneficiário que tenha recebido o auxílio simples de R$ 600 (mães solteiras recebem dobrado), a cifra chega a 765 dólares, o que totaliza os R$ 4,2 mil das cinco parcelas de R$ 600, mais as quatro de R$ 300.


Nem todos vão receber todas as parcelas do benefício. O governo confirmou que pagará o benefício apenas até dezembro deste ano, um total de nove parcelas. Dessa maneira, quem começou a receber a renda emergencial tardiamente não ganhará o restante.

Assim, o trabalhador que recebe a quinta parcela em dezembro, por exemplo, no valor de R$ 600, não terá direito às outras quatro parcelas de R$ 300 anunciadas por Bolsonaro.

Nenhum comentário

Publicidade rodapé