Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

UTI do Hospital de Santa Maria começa a receber pacientes

O Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) já começou a receber pacientes graves com covid-19 nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI...




O Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) já começou a receber pacientes graves com covid-19 nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) recém-montados na unidade, conforme foi anunciado pelo governador Ibaneis Rocha no sábado (13). No fim da tarde desta segunda-feira (15), a Sala de Situação da Secretaria de Saúde do DF já mostrava que 58 pacientes estavam sendo atendidos naquela UTI.

“A abertura dos leitos é de grande importância para salvarmos mais vidas, mas a população também precisa seguir todas as orientações do governo para reduzir a transmissão do vírus no DF”, defendeu o novo diretor-presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF), Gilberto Occhi, que tomou posse oficialmente hoje (15).

Ao todo, 80 leitos de UTI serão abertos no HRSM, hospital administrado pelo Iges-DF. Do total, 11 ainda estão bloqueados e um vago. “Outras 10 vagas, que ainda estão sendo disponibilizadas, em breve devem ser contabilizadas no sistema”, informou o secretário adjunto de Saúde, Petrus Sanchez.

Montagem acelerada

Para disponibilizar 40 vagas no primeiro andar do HRSM, as equipes aceleraram os trabalhos para montar os equipamentos no primeiro andar. As outras vagas foram disponibilizadas no quinto andar, onde leitos já tinham sido mobilizados durante a primeira onda do coronavírus. Com a redução da taxa de ocupação, esses leitos voltaram a receber pacientes com outras patologias.

Mais 20 leitos de UTI com suporte de hemodiálise ainda estão sendo montados no Hospital de Base, totalizando 100 novos leitos de UTI montados nesta semana nas unidades do Iges. Os equipamentos já chegaram e os técnicos agora correm para instalar os aparelhos o mais rápido possível.

O HRSM já contava com 15 leitos de Cuidados Intermediários no Pronto-Socorro covid-19, segundo Ubiraci Nogueira, superintendente do hospital. “Agora, estamos trabalhando nessa ampliação para aumentar novamente o acesso dos pacientes que necessitam de atendimento”, explicou.

Hospital de Base

O Hospital de Base já conta com 41 leitos para pacientes com covid-19, sendo 20 de UTI e 21 de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI). Dispõe ainda, no sétimo andar do prédio, com mais 14 leitos de enfermaria para pacientes em fase de recuperação do coronavírus.

O Hospital de Base é referência em atendimento a pacientes imunodeprimidos, ou seja, aqueles cujos mecanismos normais de defesa contra infecções estão comprometidos. Entre esses pacientes se encontram receptores de transplante e de implante, portadores do vírus da imunodeficiência humana (HIV) e indivíduos com câncer.

Os leitos, tanto no Hospital de Base quanto no de Santa Maria, serão entregues completos. Todos serão bem equipados, com aparelhos como ventiladores mecânicos, monitores multiparamétricos, bombas de infusão de medicação endovenosa, desfibriladores e camas elétricas.

*Com informações do Iges-DF

Nenhum comentário

Publicidade rodapé