Page Nav

HIDE

Salário de Moro em consultoria nos EUA foi de cerca de R$ 241 mil

  Conforme prometido, o ex-juiz Sergio Moro tornou público, nesta sexta-feira (28), o salário que recebeu por um ano de serviço na consultor...

 

Conforme prometido, o ex-juiz Sergio Moro tornou público, nesta sexta-feira (28), o salário que recebeu por um ano de serviço na consultoria norte-americana Alvarez & Marsal. Segundo o ex-ministro da Justiça, ele recebeu cerca de R$ 241,65 mil brutos da empresa, entre 2020 e 2021.

Com os descontos e impostos, Moro afirmou que seu salário líquido foi de aproximadamente 24 mil dólares por mês (cerca de R$ 128,8 mil). O montante divulgado por Moro resulta em cerca de R$ 1,5 milhão brutos, além de um bônus de contratação de R$ 805,5 mil.

Ainda segundo o ex-ministro, como ele rescindiu o contrato por conta própria, precisou devolver à empresa cerca de R$ 67 mil.

O ex-juiz negou que tenha atuado nas recuperações judiciais de empresas condenadas pela Lava Jato.

– Eu nunca trabalhei para a Odebrechet. Ao contrário, eu desmantelei um esquema de corrupção na empresa. Depois que eu saí do Ministério da Justiça, trabalhei na empresa prestando serviço de compliance. Jamais recebi um tostão da Odebrecht. A Alvarez & Marsal tem unidades diferentes, fui para a área de disputas e investigações – disse Moro.

Ainda segundo o ex-juiz, que está na mira do Tribunal de Contas da União (TCU), seu contrato com a consultoria excluía qualquer cliente que representasse “conflito de interesses” com sua atuação como juiz.

– Quando eu entrei na Alvarez e Marsal, pedi uma cláusula no contrato que não prestaria nenhum serviço para cliente que pudesse criar conflito com minha atuação como juiz. Eu pedi e a empresa colocou a cláusula. Está no meu contrato. Meu foco não era trabalhar no Brasil. Não enriqueci. Fui trabalhar lá e recebi um bom salário – disse.

Por; Pleno.News