Page Nav

HIDE

Doria afasta coronel da PM que defendeu atos do próximo dia 7

  O governador de São Paulo, João Doria  (PSDB), decidiu afastar da Polícia Militar de São Paulo  (PMSP), por alegação de indisciplina, o ch...

 


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu afastar da Polícia Militar de São Paulo (PMSP), por alegação de indisciplina, o chefe do Comando de Policiamento do Interior-7, coronel Aleksander Lacerda, após o policial fazer convocações, por meio de suas redes sociais, para os atos do próximo dia 7 de setembro.

O coronel Lacerda tem convocado nos últimos dias, por meio de sua conta no Facebook, seus diversos seguidores nas redes para a manifestação do próximo dia 7 de setembro em Brasília. Além disso, o policial fez uma publicação em que chamou Doria de “cepa indiana”, Rodrigo Maia de “mafioso” e Rodrigo Pacheco de “covarde”.

Na última sexta-feira (20), por exemplo, Lacerda escreveu que “o caldo vai entornar” no dia 7 de setembro e que “liberdade não se ganha, se toma. Dia 7/9 eu vou”. A última frase fazia referência a uma declaração feita pelo presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, de que “eleição não se vence, se toma”, que, de acordo com o TSE, teria sido retirada de contexto.

Por: Pleno News

Nenhum comentário