Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Sandra Terena: “Eustáquio foi espancado e torturado”

Nesta quarta-feira (31), Sandra Terena usou as redes sociais para afirmar que seu marido, Oswaldo Eustáquio, foi espancado e torturado no Co...



Nesta quarta-feira (31), Sandra Terena usou as redes sociais para afirmar que seu marido, Oswaldo Eustáquio, foi espancado e torturado no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, em Brasília.

Segundo ela, o caso é investigado pelo Ministério Público, mas ignorado pelo que chamou de “extrema imprensa”.

Denúncia: o jornalista Oswaldo Eustáquio foi espancado e torturado na Papuda. O caso é investigado pelo Ministério Público e ignorado pela extrema imprensa. Em pleno século 21, meu marido permanece preso, censurado e paraplégico. Esse é o Twitter deste 31 de março de 2021 – declarou Sandra.

Publicação da esposa do jornalista Foto: Reprodução

No dia 26 de janeiro, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, autorizou Oswaldo a cumprir prisão domiciliar. O jornalista, que é apoiador do presidente Jair Bolsonaro, estava preso preventivamente desde 18 de dezembro de 2020.

Moraes exigiu o uso de tornozeleira eletrônica. Ele também proibiu Eustáquio de receber visitas, acessar as redes sociais e manter contato com outros investigados no inquérito que investiga o financiamento de atos com pautas contrárias ao Congresso e ao STF.

Fonte; Pleno news

Nenhum comentário

Publicidade rodapé