Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Comprometida com a saúde do munícipio, Prefeitura apresenta resultados no setor

 



A gestão atual entregou melhorias para a infraestrutura, com a aquisição de equipamentos e reformas de unidades hospitalares

A Prefeitura de Santo Antônio do Descoberto (SAD), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), articulou inúmeras ações para melhorar o serviço oferecido à comunidade. A secretaria procura recursos para manutenção de unidades de saúde e compra de equipamentos, ao mesmo tempo que se esforça para ampliar a comunicação e acelerar o atendimento. É uma verdadeira corrida contra o tempo.

Devido a situação de calamidade pública, provocada pela disseminação do novo coronavírus, o Brasil tem enfrentado diferentes quadros de insuficiência hospitalar, tanto na rede pública quanto no âmbito privado. Contudo, em meio ao caos que temos acompanhado, o cenário também se tornou propício ao investimento, com a busca de uma assistência clínica ágil, igualitária e robusta.

No dia 12 de abril, o prefeito Aleandro Caldato se reuniu com o ministro da saúde Marcelo Queiroga, com a ministra da Secretaria de Governo Flavia Arruda e com o deputado federal Major Vitor Hugo (PSD-GO), para discutir ações em benefício da saúde do munícipio. No encontro ficou estabelecido a reabertura do hospital de campanha de Águas Lindas para atender o público do Entorno Sul, onde SAD está localizado. Na ocasião, o prefeito Aleandro Caldato aproveitou para discutir a reforma do Hospital Regional.

Ainda nesse mês, o Hospital Municipal de Santo Antônio do Descoberto (HMSAD) recebeu novos equipamentos para oferecer um acolhimento amplo e de qualidade. A modernização da unidade inclui recursos tecnológicos e ferramentas laboratoriais. Vão de assentos para atendimento clínico à macas e incubadoras. Os aparatos foram obtidos através dos esforços do secretário de Saúde, Alessandro Viana, para somar emendas parlamentares e efetuar a compra dos materiais.

Dessas emendas, a Diretoria de Projetos da Secretaria de Planejamento contabiliza outras 16 ações iniciadas para a área da saúde. As realizações equivalem a aquisição de equipamentos e de veículos, a construção e manutenção de unidades hospitalares.

OBRAS – Os Postos de Saúde da Família (PSF) VII e XVI estão sob processo de licitação, com análise de engenheiros e especialistas. O Posto de Saúde da Queiroz onde funcionou o PSF XII, em frente ao Centro de Reabilitação e próximo a rodoviária, agora atende como Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), voltado aos cuidados contra infecções sexualmente transmissíveis.  A obra está na fase final e consiste numa ampliação do posto.

Parada há quatro anos, a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), localizada no Setor de Mansões Bittencourt, foi retomada em março deste ano. Nesse momento, a obra será indispensável para auxiliar o sistema de saúde do Município e, principalmente, amenizar a frequência de atendimento do Hospital de Santo Antônio, durante a pandemia.

Outra edificação que estava parada é a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Morada Nobre. Depois de dois anos, a reforma passa por um processo de formalização da ordem de serviço junto à empresa licitada.

COMBATE – Todo esse empreendimento ganha destaque durante o combate ao novo coronavírus. Nesse ponto, a Prefeitura dialoga direto com a população sobre a situação do município e todos os dias atualiza o boletim com novos casos, números negativos, pacientes recuperados e quantas vidas foram perdidas para a Covid-19. As medidas preventivas necessárias para evitar o contágio e a transmissão da doença também são ressaltadas diariamente.

Com a vacina disponível, a secretaria tem movido esforços para a gerenciar os grupos prioritários. Neste quesito tem se destacado entre os vizinhos pela velocidade de atendimento. Em SAD, a imunização já está disponível para o público a partir de 61 anos. Há poucos dias, Brasília e o munícipio de Aguas Lindas começaram a vacinar o público de 62 anos. Isso reflete o compromisso da equipe de saúde em proporcionar autonomia e qualidade à população.

A campanha nacional de vacinação contra a Influenza começou na primeira quinzena de abril com o atendimento de crianças com idades entre seis meses e seis anos, mulheres gestantes e que deram a luz recentemente e, por fim, indígenas. “A gestão da secretaria é essencial nesse momento para administrar duas campanhas de vacinação tão distintas”, afirma o secretário de Saúde, Alessandro Viana.

Além dos postos fixos, (UBS do centro, Vila Betel e Gomes Rabelo), a secretaria de saúde deslocou profissionais de saúde para atender as áreas mais afastadas do centro do munícipio e, principalmente, em bairros rurais.

Fonte:Ascom prefeitura SAD

Postar um comentário

0 Comentários

Páginas