Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE

Pages

Publicidade abaixo de destaque

Acusado de matar 24 pessoas, “Anjo da Morte” é preso em Rio Branco

Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam na quarta-feira (21/4) o pistoleiro do Primeiro Comando da Capital (...



Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam na quarta-feira (21/4) o pistoleiro do Primeiro Comando da Capital (PCC) Fábio Feitosa Souza, de 32 anos, mais conhecido como “Anjo da Morte”. Ele é acusado de matar 24 pessoas – oito delas em um intervalo de seis meses.

A prisão aconteceu em uma residência na rua Espirito Santo, em Rio Branco, após um trabalho do núcleo de inteligência da polícia, que já vinha monitorando Fábio há aproximadamente um mês.

O assassino já é condenado pela Justiça a mais de 100 anos de prisão por homicídios, latrocínios, roubos, formação de quadrilha e organização criminosa. Ele cumpria a pena em prisão domiciliar, alegando um câncer no ouvido. Durante o tratamento, porém, Fábio cortou a tornozeleira e se encontrava foragido.

A polícia disse ao portal ac 24horas que a facção Comando Vermelho oferecia R$ 20 mil pela cabeça do Anjo da Morte, que chegou a matar um líder da organização.

Fábio Feitosa foi encaminhado à delegacia especializada para depoimento e em seguida foi conduzido à Delegacia de Flagrantes (Defla), onde aguarda para ser levado a Penitenciária Francisco de Oliveira Conde. 


Por: Metrópoles

Nenhum comentário

Publicidade rodapé